REUNIÃO ASERT AGO/19

REUNIÃO ASERT AGO/19

A reunião foi realizada no COREU da PUC Minas em 08/08/19

Presentes: Adalgisa Almeida, Anamaria Jacques, Ana Rita Moura, Auxiliadora Vilas Boas, Beatriz Alves, Clarinda Macedo, Conceição Calderaro, Dulce Vasconcellos, Edlane Barbosa, Eliana Mara Mota, Gláucia Pinheiro, Heloína Marthinelle, Júnia Gomes, Lilian Velozo, Maria do Carmo Fabri, Mirian Freitas, Monique Rodrigues, Rosa Ricoi, Rosangela Severino, Simone Antunes, Solange Monteiro, Tamara Salomon.

Justificaram ausência: Carlos Alberto, Joelma Andrade e Sandra Fortes.

Adalgisa Almeida

Adalgisa fez apresentação sobre as Sete Leis Espirituais de Deepak Chopra:

Assim como há leis físicas que governam o universo, há também Leis Espirituais que governam nosso relacionamento com o TODO/Deus.

  • Lei espiritual ou Lei divina
  • Verdade e Força Vital
  • Aspecto impessoal de Deus, do Criador, do Universo
  • Funcionam automaticamente

Trabalham internamente dentro da psiquê sendo, gradativamente, aceita como verdade

Quanto mais desenvolvida a pessoa, mais compreenderá as Leis Espirituais.

As respostas para concretizar qualquer coisa na vida encontram-se em nosso interior. Aquietar a mente e ouvir a voz do silêncio é a melhor maneira de descobri-las.

1.A Lei da Potencialidade Pura

2.A Lei da Doação

3.A Lei do Carma ou de Causa e Efeito

4.A Lei do Mínimo Esforço

5.A Lei da Intenção e do Desejo

6.A Lei do Distanciamento

7.A Lei do Darma ou o Propósito da Vida




LEI DA AUTO RESPONSABILIDADE
“Você cria sua própria realidade”

Só você cria sua própria felicidade ou infortúnio.
Nada pode vir no seu caminho que não seja autoproduzido.
Esta Lei, porém, aparentemente tão dura, é a mais esperançosa, encorajadora, libertadora e fortalecedora de todas as verdades.
Ela torna o indivíduo capaz de resolver qualquer problema que ele possa ter.
Ela abre a vida com todas as suas ricas possibilidades.

Gláucia trouxe livros para sortear entre os participantes do ASERT, cortesia da Papelaria S. Firmino (pai dela)

Agraciados: Bia – Guimarães Rosa – Primeiras Estórias; Rosa – Eros e Psiquê; Dulce – A Estrela Sobe; Edlane – Cecília Meireles; Mirian – Guimarães Rosa – Primeiras Estórias; Gisa – O Fantasma da Ópera; Clarinda – O vendedor de queijo e outras crônicas.

O Social do Asert trouxe uma lembrança para todos os membros do Asert, lembrando o Dia dos Psicólogos.  (Um kit contendo: caneta, lapiseira Pentel e uma caixa de grafite) com um lindo cartão:

“Quando percebem que foram profundamente ouvidas, as pessoas quase sempre ficam com os olhos marejados. Acho que na verdade trata-se de chorar de alegria. É como se estivessem dizendo: “Graças a Deus, alguém me ouviu. Há alguém que sabe o que significa estar na minha própria pele. ”Carl Rogers

Comemoramos os aniversários de Edlane Barbosa (11/08) e da Rosa Ricoi (24/08).

Rosângela Severino

Palestra: Os Impactos da Felicidade na Longevidade à Luz da Psicologia Positiva – Rosângela Severino

Rosangela apresentou o trabalho feito a pedido de Michele Queiroz, da Rede Longevidade ao IMF (Instituto Movimento pela Felicidade). Ela solicitou ao IMF um texto que deveria abordar o seguinte tema:  “Qual o impacto da felicidade na longevidade”

Fomos conversar com a Michele (Rosangela, Dôra, Dulce e Tamara), para conhecer a Rede Longevidade e saber o que que ela queria.

Rede Longevidade:

Organização de Sociedade civil, sem fins lucrativos.

Objetivo: Conscientizar e engajar indivíduos e organizações para a cultura pró-longevidade.

Longevidade:  não é a quantidade de anos a mais que ganhamos com o aumento da expectativa de vida, mas também a qualidade que damos a eles.

Missão: Promover a longevidade através da educação de indivíduos e organizações;

A Rede Longevidade trabalha com o Alexandre Kalache, médico especialista em envelhecimento, que diz que “Precisamos de uma revolução na educação para a longevidade”

Assistir a entrevista Alexandre Kalache – Roda Viva – 14/01/2019 – YouTube.

Alexandre Kalache fala que precisamos de 4 capitais essenciais para envelhecer bem:

– Saúde

– Conhecimento

– Relações Sociais

– Financeiro

Importância do Propósito (pra que que eu levantei, pra que que eu existo, qual o propósito da minha vida?

Em 2065, 33,9% da população será da Terceira Idade

– Governo (Saúde, Políticas Públicas)

– Economia (Mercado Imobiliário, Turismo, Produtos e Serviços)

– Família (família solidária);

A Rede Longevidade trabalha com quatro eixos:

– Eixo RLV Inspira: Inspirar a Geração de Conhecimento; (começou com as “Meninas de Sinhá”  – Bairro Taquaril.

– Eixo RLV Multiplica: Multiplicando o conhecimento em Longevidade; (Nossa parceria com o IMF entra aqui)

– Eixo RLV Conecta: Conectando parceiros;

– Eixo RLV Potencializa: Potencializando a Causa da Longevidade

Eixo RLV MULTIPLICA: Multiplicando conhecimento em longevidade:

– Trilhas da Longevidade – (a nossa trilha é a Vida Inteira)

– Jornada 60+ / Jornada da Família / Jornada Familiares

– Cápsulas de conhecimento – Micro Learning (A nossa cápsula no site é a 1.3) Felicidade e Longevidade

Site da Rede Longevidade: https://redelongevidade.org.br/a-rede/

INSTITUTO MOVIMENTO PELA FELICIDADE – IMF- Pilares:

– Indicadores do FIB (Felicidade Interna Bruta)

– Biopsicologia

– Neurociência

– Economia Comportamental

– Psicologia Positiva

O texto foi feito com base na Psicologia Positiva (em síntese o que o grupo passou para eles foram os conceitos da Psicologia Positiva, mas principalmente o que concerne a positividade)

Psicologia Positiva:

– O que as pessoas felizes tinham em comum?

– Quais eram os fatores responsáveis pela felicidade?

– Por que algumas eram resilientes, outras não?

– E, principalmente, o que era a felicidade

– Principais expoentes da Psicologia Positiva:

Martin Seligman, Barbara Fredrickson, Sonja Lyubomirsky, Tal Ben-Sharar, dentre outros

Felicidade e Longevidade:

– Indivíduos felizes vivem mais, são mais produtivos, adoecem menos. Aumentam de 4 a 10 anos o tempo de vida;

– Alegria e bom humor reduzem os hormônios do stress, aumentam a nossa imunidade, tendo impacto muito positivo na nossa saúde;

Outros pesquisadores da área de saúde:

– A psicóloga Tatiana Quarti Irigay diz que os efeitos da depressão sobre a mortalidade são semelhantes ao risco do fumo, da hipertensão e do diabetes;

– A psiquiatra Clarice Kowac, lembra que atitudes positivas, hábitos saudáveis e alegria de viver funcionam com prevenção de doenças e ajudam a aderir aos tratamentos médicos;

– o cardiologista Luiz Carlos Bodanese – PUC/RS é convicto, pela sua experiência, de que aqueles pacientes de astral elevado têm como consequência uma vida mais longa.

Como ser mais feliz?

“Felicidade é uma experiência de alegria, contentamento ou bem-estar positivo, combinado a uma sensação de que a vida é boa, significativa e valiosa”. Sonja Lyubomirsky

Os estudiosos são unânimes em dizer que o mais importante e relevante para a nossa felicidade / bem-estar não é aquilo que nos acontece ou deixa de acontecer, mas a forma como vemos e interpretamos esses acontecimentos.

Importância da Positividade.

Fórmula da Felicidade:

50% genética

10% circunstâncias de vida

40% atitude (a forma como eu olho para as coisas)

Pessoas Felizes

– Têm foco no positivo;

– Não se vitimizam;

– São abertas as mudanças;

– Levam a vida com leveza, bom humor, esperança.

– Cultivam as amizades, buscam o convívio com as pessoas que amam;

– Passeiam e viajam sempre que podem;

– Saem da rotina;

– Praticam exercícios físicos;

– Não alimentam mágoas, rancores

– Perdoam;

– Comemoram as pequenas conquistas;

– Celebram a vida todos os dias;

–  São gratas.

Exercícios de Psicologia Positiva

– Lista feliz (A Fórmula da Felicidade – Mo Gawdat)

. Faça uma lista de tudo aquilo que te deixa feliz.

. Para facilitar você pode completar a frase:

. EU ME SINTO FELIZ QUANDO….

. Pense em tudo que te deixa feliz , por mais simples que possa parecer e vá fazendo uma lista. Depois observe se você tem feito essas coisas e com que regularidade. Se não as estiver fazendo, passe a fazê-las, constantemente.

PRATICAR ATOS DE BONDADE

Tente praticar atos de bondade, ser mais altruísta, ou seja, fazer o bem desinteressadamente. O efeito que esse exercício tem sobre a nossa felicidade é muito significativo. Já é sabido que fazer o outro feliz, praticar o bem, nos torna pessoas mais felizes também. A cada manhã ao acordar, esteja imbuído de praticar atos de bondade com aqueles que te cercam e mesmo com pessoas desconhecidas que cruzarem o seu caminho. Mas, faça isso rotineiramente, como um exercício mesmo. Com o passar dos dias, você sentirá os efeitos benefícios desse exercício sobre a sua felicidade. (Cartilha do Otimismo – Sofia Bauer)

DIÁRIO DE GRATIDÃO

. Escreva três dádivas (coisas boas) todas as noites antes de ir para a cama. Para cada dádiva (coisa boa) escreva pelo menos uma frase sobre:

. Por que esta coisa boa aconteceu hoje? O que isso significa para você?

. O que você aprendeu ao reconhecer esta dádiva ou coisa boa?

. De que forma você ou outras pessoas contribuíram para que essa dádiva ou coisa boa acontecesse?


Beatriz Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *